Canal Àwúre

Comida, música e arte; tudo isso compõe a religiosidade afro-brasileira, segundo Eliana Souza, filha da Casa Omi Ile Agboula. Assista ao vídeo e saiba como a vivência familiar proporcionada pelos terreiros promovem uma vida digna,sobretudo, às mulheres e aos jovens.

Bahia. Iha de Itaparica. Conheça a história de resistência do terreiro Omo Ile Agboula, o primeiro do Brasil a cultuar os Egunguns trazidos da África. Esse tipo de culto assegura a manutenção dos laços familiares entre os que se foram e seus descendentes. Fundado em 1934, o terreiro é a casa dos descendentes de Agboula, importante ancestral africano , Rei de uma tribo do antigo Daomé.